Notícias

FREQUÊNCIA DE EVOLUÇÃO

Você sabe qual sua frequência de evolução?

Imagine você dirigindo seu carro e ouvindo a sua rádio preferida, o locutor anuncia uma música que você não gosta, o que você faz? Normalmente ou muda de estação ou desliga o rádio. Ao mudar o rádio, você buscou uma outra frequência, se desligá-lo terá interrompido a frequência.

Usando o exemplo acima, pense na sua evolução, pois todos nos estamos aqui para para evoluir, esse deve ser o sentido da vida, acontece que cada um está em frequência diferente de evolução e isso faz as vezes parecer que somos muito diferentes das pessoas a nossa volta.

A frequência não quer dizer que você esta mais ou menos evoluído do que outras pessoas, mas em rota diferente e isso lhe faz muitas vezes incompreendido.

Essa frequência de evolução vai sendo modificada a cada novo conhecimento, a cada nova experiência vivida e principalmente a cada oportunidade de autoconhecimento que você se permite.

Existe também o referencial externo e interno que também influencia a sua frequência de evolução, pois quando você está com referencial interno, a sua percepção que é única e própria, vai colocá-lo em uma frequência também única e passará a dar os seus significados aos fatos que lhe acontecem.

Quando o seu referencial é o externo, a percepção que você terá dos fatos que lhe acontecem, será de acordo com a dos outros e a frequência que você entrará também será a dos outros, influenciando os seus significados dados aos fatos que muitas vezes serão significados dos outros

Você talvez esteja se perguntando, Mazullo como eu percebo que referencial estou usando? Vou te dar uma dica bem fácil para identificá-lo.

Conte um história para alguém, prestando atenção na forma que você verbaliza a história e não no conteúdo.

Se ao contá-la, você falar mais sobre as prováveis sensações dos outros que estão na história ou nas coisas que estão a sua volta o seu referencial é o externo, porém se ao contá-la verbalizando suas sensações o seu referencial é o interno.

Perceber isso vai fazer muita diferença e vai ajudá-lo a ajustar sua frequência de evolução.

Uma coisa importante também é você entender que as pessoas estão em frequências de evolução diferentes da sua e isso te impede de exigir que todos tenham o mesmo grau de entendimento aos fatos que o seu.

Flexibilize mais essa exigência das pessoas, motive-as a também buscar entrar na sua frequência de evolução, assim você não precisará mudar de frequência e nem desligar o seu relacionamento com as pessoas e os conflitos serão menores e se relacionar com elas será muito mais prazeroso.

Ótima semana a todos e boas frequências de evolução a todos!

Marcos Mazullo

(0)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *